2022Futebol Internacional

Marcelo nega que contrato do Lyon tenha sido rescindido por peido

Marcelo nega que contrato do Lyon tenha sido rescindido por peidar no vestiário e rir disso

O zagueiro brasileiro Marcelo negou as notícias de que ele foi dispensado pelo Lyon porque ficava peidando no vestiário e rindo disso.

A afirmação extraordinária foi feita no jornal francês l’Equipe , que disse que a indesejada flutuação de Marcelo não caiu muito bem com o diretor esportivo Juninho, que decidiu liberá-lo da equipe.

Essa sugestão foi descartada pelo homem de 34 anos, que escreveu um post raro nas mídias sociais para negar que era verdade.

O que Marcelo disse sobre as alegações de peido no vestiário?

Marcelo já havia sido rebaixado para as reservas após um desempenho particularmente ruim na derrota por 3 a 0 para o Angers, em agosto.

No entanto, alega-se que o Lyon ficou ainda mais irritado com o que eles chamaram de “comportamento inapropriado” do jogador, mais tarde alegou ser sua jovial quebra de vento.

Juninho teria consultado o técnico Peter Bosz e concordado em deixar o zagueiro ir, com Marcelo saindo em janeiro para se juntar ao Bordeaux.

Marcelo, no entanto, foi ao Twitter para negar com empatia os relatos de peidos.

Sem tuitar nada desde outubro, ele postou: “Graças ao l’Equipe , depois de muito tempo, tenho que voltar ao Twitter para negar todas as acusações. O jornalismo hoje em dia é uma piada!”

Juninho também pareceu rir das alegações em um tweet bastante bizarro repleto de emojis risonhos.

“Veja, eu disse a você que o defensor tem que peidar alto, longo e fedido! O seu só estava alto, então eles eram fracos!”, escreveu o ex-meia.

Artigos relacionados