2022Futebol InternacionalMundo

Leeds ‘treinou demais’ com Bielsa, afirma Marsch

Os jogadores do Leeds foram 'treinados demais' com Bielsa e 'os níveis de estresse eram incrivelmente altos

Jesse Marsch acredita que os problemas de lesão do Leeds United nesta temporada se devem aos métodos do antecessor Marcelo Bielsa, com o americano notando o “estresse” deixado no rastro do argentino.

O ex-técnico do RB Leipzig sucedeu Bielsa em Elland Road após a demissão do último, com o clube perdendo rostos importantes devido a uma série de problemas físicos e enfrentando uma temível batalha pelo rebaixamento.

Desde então, Marsch estabilizou o navio e ajudou a insuflar nova energia nos brancos, mas agora ele admite que sua tarefa tem sido difícil, dada a atmosfera que herdou.

“Eu podia ver apenas assistindo jogos de longe e conversando com pessoas dentro do clube, que os níveis de estresse eram incrivelmente altos”, disse Marsch à talkSPORT . “Você podia ver isso em seus rostos. Você podia ver no minuto 15 que alguns deles já estavam no máximo – e isso não deveria ser o caso.

“A questão das lesões, para mim, teve muito a ver com a metodologia de treinamento. Esses jogadores estavam muito treinados e isso os levou a ficarem fisicamente, mentalmente, emocionalmente e psicologicamente em um lugar difícil de se recuperar semana a semana, jogo a jogo. jogos.

“Tenho uma metodologia muito específica com a maneira como trabalho e tenho reputação de dados de alta performance, mas também tenho jogadores saudáveis, em forma e fortes que podem atender aos padrões de jogo que queremos”.

Artigos relacionados